domingo, 11 de dezembro de 2011

Eu amo meu cabelo!

video

Um comentário:

  1. Em 1990, quando eu"aceitei a Jesus", na Igreja Batista Moriá(bairro do Eng. velho de Brotas), uma irmãzinha veio logo me dando a sugestão de "dar uma coisa no meu cabelo". Ela também era negra, mas aprisionada pelo padrão europeu de beleza, que insiste em dizer que o cabelo da mulher negra é o errado(ruim) e que o cabelo da mulher branca é que é o certo(bom).
    Quem me conhece sabe que sempre gostei de usar meu cabelo natural. Mas é claro que já alizei, escovei,dei permanente; gosto de mudar o corte e de cor.
    Entendo que podemos usar nosso cebelo como queremos e entendemos. Mas o que me angustia, é que muitas de nós, principamente dentro da igreja, achamos que Deus errou em alguma coisa, quando fez nosso cabelo assim. Mas isso é mentira. E a gente sabe quem é o pai da mentira, né?
    Tudo o que Deus criou é bom e belo.
    Então mulher negra batista, presbiteriana, metodista, assembleiana e de outras denominações, ame seu cabelo!!

    ResponderExcluir